Kassio pede vista de ações com Moraes sobre decretos das armas

Brenno Grillo
Publicada em 17/09/2021 às 16:46
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Kassio Nunes Marques, do STF, pediu vista há pouco das duas ações relatadas por Alexandre de Moraes sobre os decretos de Jair Bolsonaro que flexibilizam a compra de armas e dificultam o rastreio desses armamentos e suas munições.

Os decretos foram suspensos ontem por Moraes. Como mostrou o Bastidor, em sua decisão o ministro disse que a política armamentista de Bolsonaro ajuda o crime organizado.

Mais cedo, Kassio havia pedido mais tempo para analisar outras 12 ações sobre o mesmo tema - há processos com Rosa Weber e Edson Fachin. São nove ADIs e cinco ADPFs ao todo.

Os pedidos de vista tardios ocorreram porque o ministro teve que analisar as ações de Moraes posteriormente às relatadas por Rosa e Fachin, pois houve liminar.