Bolsonaro muda de ideia e pede para depor pessoalmente sobre interferência na PF

Brenno Grillo
Publicada em 06/10/2021 às 14:36
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Jair Bolsonaro encaminhou há pouco pedido ao STF para que possa prestar depoimento presencialmente. Antes, o presidente da República havia escolhido, em suas palavras, exercer "seu direito ao silêncio”. O Supremo discutiria hoje qual o modelo a ser aplicado em casos de depoimento de presidente da República.

Agora, a AGU avisa o STF que Bolsonaro "manifesta perante essa Suprema Corte o seu interesse em prestar depoimento em relação aos fatos objeto deste Inquérito mediante comparecimento pessoal".