Diretora da Precisa pretende colaborar com a CPI

Diego Escosteguy
Publicada em 14/07/2021 às 08:53
Foto: Agif/Folhapress

A diretora da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades, está disposta a colaborar com os trabalhos da CPI da Pandemia na sessão que começa daqui a pouco.

É uma mudança de estratégia em relação a ontem, quando, orientada por seus advogados, os mesmos do lobista Max, resolvera ficar em silêncio. Agora, Emanuela pretende explicar sua participação no caso Covaxin aos senadores.

Diante da pressão psicológica a que está submetida e dos ataques que poderá receber do senadores, contudo, o desenrolar do depoimento segue imprevisível.