OMS aprova uso emergencial da Coronavac

Publicada em 01/06/2021 às 13:21
Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress

A Organização Mundial da Saúde aprovou hoje, terça-feira 1º. de junho, a vacina produzida pela chinesa Sinovac para a imunização contra o novo coronavírus. A decisão tem caráter emergencial, mas trata-se do mesmo procedimento adotado para outros imunizantes. Fica garantido que a vacina tem os padrões internacionais de segurança, eficácia e produção exigidos pela OMS.  

No comunicado divulgado pela OMS, a assistente do diretor-geral para Acesso a Produtos de Saúde, a brasileira Mariângela Simão, disse que o mundo precisa desesperadamente de múltiplas vacinas para covid-19 para enfrentar as enormes desigualdades das populações.

Mariângela também apelou para que os fabricantes de vacinas contribuam cada vez mais com o consórcio Covax Facility, o que significa compartilhar conhecimento e dados para controlar mais rapidamente a pandemia.  

No Brasil, o Instituto Butantan produz a Coronavac, a mesma vacina em parceria com a Sinovac.