Choque de realidade

Publicada em 03/04/2021 às 06:00
Foto: Futura Press/Folhapress

A Faria Lima pode não perdoar o governo e o Congresso, mas evitar a tragédia social é fundamental. Um estudo do Banco Central mostrou que as políticas públicas para reduzir o impacto do isolamento contribuíram para conter a retração da atividade econômica. Exemplos dessa ajuda foram os programas de transferência de renda, o acesso a linhas de crédito especiais e o auxílio emergencial.  

O presidente do BC, Roberto Campos Neto, o favorito do mercado financeiro para substituir Paulo Guedes, chegou a dizer que a PEC Emergencial aprovada no Congresso foi um avanço institucional no arcabouço fiscal. Ela prevê R$ 44 bilhões para a retomada da ajuda governamental em plena segunda onda da pandemia.

O estudo do BC mostra que, em dezembro de 2020, o emprego formal voltou ao nível anterior à pandemia. A maior expansão ocorreu na Região Norte, com aumento de 2,7%. O pior desempenho foi na Região Sudeste, com queda de 0,8%.

A lei complementar sancionada em fevereiro que dá autonomia ao Banco Central prevê que o objetivo principal da instituição continua sendo assegurar a estabilidade dos preços. Os três objetivos secundários são zelar pela estabilidade e eficiência do sistema financeiro, suavizar as flutuações da atividade econômica e fomentar o pleno emprego.