Ambiente de negócios não republicanos melhora em Brasília

Diego Escosteguy
Publicada em 11/02/2021 às 10:57
Foto: Fatopress/Folhapress

O ambiente de negócios não republicanos em Brasília melhorou substancialmente nas últimas semanas. Operadores tradicionais e ligados a partidos políticos estão eufóricos com a retomada das perspectivas para fechar acordos lucrativos.

A ascensão do centrão e as seguidas decisões nos tribunais superiores que derrubam investigações sobre corrupção política - algo que nem de perto se limita à Lava Jato, apesar das narrativas vigentes - animaram esses operadores.

A possibilidade de ser flagrado ou punido por atividades potencialmente ilícitas sempre integrou o modelo de risco dessa turma.

Por razões evidentes, esse risco estave alto entre 2014 e 2017. Decai desde o governo Temer - e, neste momento, atinge seu menor índice, segundo os próprios operadores admitem discretamente.

O aquecimento das atividades nesse setor corresponde a um aumento do trabalho da Polícia Federal e do Ministério Público daqui a anos. Ou poderia corresponder, diante da corrosão do aparato institucional de investigação de crimes complexos.